Cuidado com falsas notícias sobre saúde!

woman-591576_960_720

Atualmente não é difícil nos depararmos com informações falsas sobre o cuidado em saúde. Nesse “boom” de informações que vivemos, cada vez se torna mais importante checar a fonte e a veracidade dessas informações.

Saúde não é um conceito simples, já parou para se perguntar o que é saúde?

Para não cair no “conto do vigário” vamos tentar visualizar um pouco o conceito de saúde. O conceito de saúde não é uma delimitação fácil de assimilar. A princípio esse conceito era limitado a ausência de doenças, mas devido avanços no conhecimento de diferentes áreas do saber, esse conceito se tornou ultrapassado.

Discussões e embates por vezes tensos foram realizados, movimentando essas diferentes vertentes do saber. Até que em 1948 a Organização Mundial de Saúde, em busca de encontrar um ideal em comum entre diferentes linguagens, traz o seguinte conceito:

“Saúde é o estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença.”

Se dependermos desse conceito, talvez não encontraremos nenhum ser humano que goze de plena saúde. No entanto, esse conceito amplia a perspectiva dos fatores que interferem nos processos de saúde x doença, como o social, ou seja, a relação da pessoa com si, com as pessoas de seu meio, com a sua vida, e sua cultura.

Tendemos com a evolução da nossa espécie, a objetivar ideais, para torná-los mais palpáveis, e delimitar melhor seus conceitos para melhor compreensão. Esse positivismo nos ajuda a direcionar ideias e pensamentos, no entanto em seus extremos ou interpretações superfíciais mais atrapalham do que ajudam.

Nos atendo a palavra chave “bem-estar”, caímos em uma emboscada maior ainda, esse estado que remete á sensação humana simplifica a complexidade que está por trás dos estados afetivos do ser humano.

Outro cuidado importante, é dividir a saúde nesse dualismo mente e corpo, que nos serve didativamente, mas assim como qualquer positivação, esconde que a mente e corpo compõe um. Uma pessoa experimenta sua vida em um funcionamento conjunto da mente e corpo, cuidar da saúde é cuidar também tanto da mente quanto do corpo.

Nem tudo deve ser considerado pela crítica negativa aos termos, esse conceito vem de um histórico em que na dicotomia do saúde x doença, a doença ocupava um campo muito maior e menos diferenciável, assim, é importante entender que o conceito de saúde deve ser encarado como um conceito amplo, abrangendo diferentes perspectivas, não estar doente não siginifica estar com saúde.

Por isso o cuidado em saúde pelo profissional deve ser sempre individualizado, já que cada pessoa tem uma genética única, uma criação única, uma experiência de vida única. Por mais que generalizações nos sirvam, cada um tem uma saúde própria, singular.

É importante conhecer e cuidar da sua própria saúde. Lembrando que hábitos são extremamente importantes, como relações sociais saudáveis, alimentação equilibrada, prática de atividades físicas. Isso não é dizer que é fácil cuidar, mas que devemos estar atentos ao que for possível, a vida cobra esse cuidado.

Nesse post, podemos ter uma ideia de como é difícil o conceito de saúde, e sempre que possível deve ser tomado em uma perspectiva ampla. Não acredite em informações milagrosas, ou qualquer notícia proveniente da mídia sem ter um cuidado prévio ao interpretar.

Procure profissionais com referências, pesquise sobre o profissional que irá procurar, tire suas dúvidas com o profissional que escolher. Hoje tem diferentes profissionais das mais variadas áreas, ter pessoas de confiança e que realmente se importe com você para cuidar da sua saúde é o mais importante.

E lembre-se o cuidado em saúde é todo dia, desde que a gente acorda até a hora de dormir. Sempre prevenir é sempre melhor do que remediar!

Se tiver interesse em conhecer melhor conceito em saúde separei na Scielo esse artigo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.